r-96-milhoes-serao-investidos-em-prol-da-mobilidade-da-raposo

O projeto foi apresentado ao governo do Estado em 2019 e ganhou um novo capítulo nesta sexta-feira

Desde o primeiro semestre de 2019, quando o Plano de Mobilidade da Raposo Tavares foi apresentado, uma pergunta ficou no ar: quando vai se tornar realidade? E mais: realmente vai acontecer? Afinal, discussões acerca de melhorias para a rodovia se arrastam há anos e a Circuito tem acompanhado de perto todos os debates.

Em 2007, inclusive, noticiamos que, pela primeira vez até então, empresários e entidades da sociedade civil iriam debater soluções para o eixo Raposo Tavares, no que eles chamaram de 1º Fórum pela Sobrevivência Saudável do Eixo Metropolitano da Raposo Tavares. Na pauta daquele encontro, o fluxo de veículos e seu impacto na região. Já naquela época, entre as dez rodovias que chegam a São Paulo, a Raposo Tavares era o segundo maior índice de veículos de passeio.

SIM, EU QUERO RECEBER UMA SIMULAÇÃO DE FINANCIAMENTO

SIM, EU QUERO RECEBER UMA SIMULAÇÃO DE FINANCIAMENTO

SIM, EU QUERO RECEBER UMA SIMULAÇÃO DE FINANCIAMENTO

Anos foram se passando e o problema só aumentando. Mas agora, ao que tudo indica, o imbróglio parece estar chegando ao fim. Na manhã desta sexta-feira, o município de Cotia conquistou R$ 96 milhões em investimentos para o projeto de mobilidade. Sim, 96 milhões!

O anúncio dos investimentos foi feito durante um evento com a presença do governador João Doria, do prefeito Rogério Franco, além dos deputados federais Herculano Passos e Alexandre Frota, do deputado estadual André do Prado, do presidente da Câmara do município Celso Itiki e dos demais vereadores da casa, além de prefeitos de cidades da região. “As obras na Rodovia Raposo Tavares são aguardadas há 20 anos. É um orgulho dizer que agora é realidade. Não é promessa, é real”, destacou Doria.

Com a verba, serão realizadas intervenções entre os km 23,2 e 26,8 (veja o descritivo abaixo) para dar mais fluidez ao tráfego, beneficiando as cidades de Carapicuíba, Embu, Itapevi, Osasco e Vargem Grande Paulista, além de Cotia é claro. “Conquistamos a tão sonhada parceria com o Estado para executar obras que vão melhorar o trânsito na Rodovia Raposo Tavares”, comemorou o prefeito Rogério Franco.

Quem também celebrou a conquista foram o empreendedor Caio Portugal e a arquiteta Ruth Portugal. Projeto e estudos de intervenção em 36 pontos da Raposo Tavares, identificando e propondo soluções técnicas para melhorar o tráfego, foram feitos pela Canhedo Beppu, empresa contratada pela GP Desenvolvimento Urbano, empresa no qual ele é CEO e ela, diretora de operações.

“A GP Desenvolvimento Urbano orgulha-se de ter contribuído com a liderança do prefeito de Cotia, Rogério Franco, e do Secretário da Habitação, Sérgio Folha, na realização de um projeto que se iniciou em 2018, através da contrapartida do loteamento Florada Raízes, e se transformou na verdadeira parceria público-privada que vai além do que se está entregando, a assinatura da ordem de realização de serviço da obra de mobilidade da Rodovia Raposo Tavares. A remodelação da mobilidade urbana em Cotia é a concretização daqueles na sociedade que entendem o compartilhamento das responsabilidades do desenvolvimento urbano sustentável, pensando o futuro, com respeito ao passado e ação no presente. Parabéns Cotia, Vargem Grande Paulista, Itapevi e Osasco. Um agradecimento especial ao Governador João Dória, ao Vice-Governador Rodrigo Garcia, ao Secretário Marco Vinholi e, especialmente aqueles que conciliaram tecnicamente a busca da melhor solução de engenharia de tráfego, os diretores da Canhedo Beppu, DER, Secretaria Estadual de Transportes, PA & Associados e a sociedade civil de Cotia e aos demais empreendedores imobiliários que contribuíram com o custeio do projeto executivo”, exaltou Caio.

Projeto de mobilidade contempla novas transposições sobre a rodovia

Na primeira fase das obras, haverá intervenção nas proximidades do km 24+800, onde será construída uma nova transposição sobre a rodovia, e o trevo do km 26, que deverá ser adequado e melhorado. Um viaduto sobre a rodovia, no km 24+820, ligará a Rua Mazel à Rua dos Manacás, que passará a funcionar como uma marginal leste. Esta intervenção será complementada com a implantação de uma nova ligação entre a Rua dos Manacás e a Avenida das Acácias e implicará na remoção da passarela existente naquele local. Já no trevo do km 26, será feita uma remodelação das alças do trevo parcial existente (projeção da Estrada Embu), além de nova opção de viário municipal.

segunda fase do projeto abrange três localidades: as proximidades do km 26+500, onde haverá uma nova transposição sobre a rodovia no alinhamento da Avenida José Giorgi; uma marginal e outras melhorias no sentido São Paulo, na altura do km 27+500; e uma faixa adicional na continuidade do trevo do km 26. Também nesta fase será feita a transposição no km 26+500, da Avenida José Giorgi para a Raposo sentido capital, e a implantação de Via Marginal e Acesso, km 27+500, Pista Leste – uma nova pista lateral às margens da Rodovia Raposo Tavares, do lado da Pista Leste (sentido capital), entre o km 27+600 e o km 27+000 (Avenida Sir Henry Welcome), além de ampliação e melhorias na própria Pista Leste, próximo do entroncamento com a Estrada da Capuava. Entre os km 25 e 26, sentido capital, será implantada uma faixa adicional da alça de entrada até a marginal que se inicia no km 25. Uma nova via de ligação entre a Estrada Velha de Cotia e a Estrada Embu.

Já a terceira fase prevê grandes reformulações nas proximidades do trevo da Granja Viana, altura do km 22+800. O dispositivo existente é um trevo parcial que conecta a estrada com a Avenida São Camilo, que se constitui na principal via de entrada à Granja Viana. O trevo será também uma opção de retorno em ambos os sentidos da rodovia.

 

As obras serão realizadas pela Secretaria de Logística e Transportes, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a expectativa é que em 45 a 60 dias elas possam ser iniciadas. A licitação será lançada nos próximos dias.

Outros recursos

Além de melhorias para a Raposo, o Governo do Estado ainda autorizou a celebração de convênio no valor de R$ 8 milhões para obras de infraestrutura urbana em Cotia. O município receberá investimentos dos programas Nova Estrada Asfaltada (com obras de conservação na Rodovia Coronel PM Nelson Tranchesi / Estrada da Roselândia) e Novas Vicinais (em que as estradas da Represinha e da Barragem, que ligam a região central de Cotia ao Caputera, passarão por revitalização).

Nesta sexta-feira, o governador João Doria assinou, além da autorização de início das obras de melhorias da Rodovia Raposo Tavares, implantação do Bom Prato, recuperação de vicinais e entrega do Vale Gás que vai beneficiar famílias carentes. Assista!

Gostou? Compartilhe.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Neste artigo:
Mulheres da região que estão redefinindo a sociedade com competência e perspectiva diferenciada